Dia da Baiana de Acarajé

O Dia Nacional da Baiana de Acarajé é comemorado anualmente em 25 de novembro. A data homenageia a importância histórica e cultural da figura da baiana do acarajé, nome dado às mulheres que se dedicam na produção e venda dessa iguaria típica da Bahia.

Dia Nacional da Baiana de Acarajé é comemorado anualmente em 25 de novembro.

A data homenageia a importância histórica e cultural da figura da baiana do acarajé, nome dado às mulheres que se dedicam na produção e venda dessa iguaria típica da Bahia. A baiana é um dos ícones mais populares do Brasil.

As baianas de acarajé são consideradas, desde 2004, Patrimônio da Humanidade pelo Instituto do Patrimônio e Artístico Nacional (IPHAN).

Baiana

Além deste título, em 2012, as baianas ainda foram reconhecidas como Patrimônio Imaterial da Bahia e Patrimônio Cultural de Salvador. A Associação das Baianas de Acarajé, Mingau, Receptivo e Similares do Estado da Bahia (Abam) é a entidade que regula a profissão das quituteiras.

A profissão de baiana de acarajé foi oficializada com o decreto de lei municipal de Salvador nº 12.175/1998. Calcula-se que existam mais de 3.500 baianas cadastradas para vender o quitute na capital do estado.

Normalmente, o Dia da Baiana de Acarajé é comemorado no centro histórico de Salvador, onde há a maior concentração das profissionais. Um grande desfile e feito pelas ruas e, no final, uma missa ou culto religioso dedicado às baianas.

Notícias recentes

Homenagem a Dra. Yanny Brena

Neste 3 de março, completado um ano do falecimento da saudosa presidenta da Câmara Municipal de Juazeiro do Norte, Dra. Yanny Brena Alencar Araújo, queremos

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
WhatsApp Image 2024-03-04 at 11.39.15